segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

MAIS UMA ETAPA DO FECHAMENTO LATERAL!

Há tempo determinado para todas as coisas!

Casco com duas demãos de resina epóxi
Pode parecer estranho más estou tão surpreso quanto qualquer outra pessoa com o longo tempo dispensado para construção das laterais do casco, há pouco pensei que faria rapidamente.

Então porque está demorando tanto?

Bem, creio ter uma boa explicação! 

Acho que são os detalhes construtivos, a forma de fazer, o propósito e a pouca experiência em construção.

O foco não tem sido a velocidade e sim a qualidade, nosso proposito é trabalhar moderadamente sem cansar muito, buscando realizar um bom trabalho atentando para os detalhes, fazendo com cuidado, planejando as ações e avaliando os resultados.

O OPP-30 já consumiu até aqui mais de 240 horas de trabalho e foi necessário muita persistência e determinação, além da ajuda de parentes, amigos e seguidores do blog, mas o resultado está aparecendo, procuro sempre manter em mente que se trata de um veleiro grande, moderno e cheio de detalhes, não é um barquinho é um "VELEIRO OCEÂNICO" preparado e concebido para levar-nos a qualquer destino que queiramos ir.

Dai vem o cuidado com a construção, fazer bem feito agora significa não ter dor de cabeça no futuro, é navegar seguro de ter feito o melhor, sem surpresas desagradáveis.

Adicionar legenda
Então vai ai um resumo desse ultimo fim de semana!

Retiramos cerca de 250 parafusos que fixavam os sarrafos durante a secagem da cola, muitos deles lutaram para não sair!; Lixamos e Plainamos os topos dos sarrafos deixando tudo perfeito para a futura fixação da segunda camada de chapas de compensado; Preenchemos com cola epóxi todos os furinhos feitos pelos parafusos e pregos; Filetamos a junção entre os sarrafos e a chapa de compensado, em muitos pontos estratégicos, reforçando assim toda a estrutura; Aplicamos duas demãos de resina epóxi de impregnação sobre as laterais garantindo uma perfeita selagem e  finalmente recortamos as chapas de isopor para serem coladas futuramente nos vãos entre os sarrafos, sem esquecer é claro de limpar a oficina no ultimo dia.

Portanto o tempo determinado é esse, racional e consciente, tempo de preparação para alcançar um longo tempo de uso e lazer.

Aproveito aqui para agradecer ao amigo Rubens, marceneiro e dono da marcenaria RUARTS que trabalhou voluntariamente e muito ajudou neste sábado, e também a minha querida esposa Elaine que mais uma vez fez a diferença.